Vamos Dançar Quadrilha!!(Todos os passos da quadrilha)


Travessê de damas
Cavalheiros tomam as damas e andam de mãos dadas até o centro do salão, encontrando-se com a fila da frente.

Anarriê
Os pares, ainda de mãos dadas, voltam em marcha-a-ré até o ponto em que estavam e se separam, ficando cavalheiros em frente às damas.

Travessê de cavalheiros
As damas ficam paradas e os cavalheiros atravessam o salão, parando em frente à dama do outro par, cujo cavalheiro faz também o mesmo.

Travessê de damas
Com balanceio ao centro. Os cavalheiros ficam parados e as damas seguem até o centro do salão. Ao se encontrarem com as damas dos pares da frente, dão-se os braços, fazem duas meias-voltas, indo depois para seus lugares.

Travessê geral
As duas filas atravessam o salão ao mesmo tempo, cruzando-se no centro pela direita. Ao chegarem aos lugares voltam a ficar de frente para o par.

Balancê com o par do vis a vis
Seguem somente os cavalheiros e ao se encontrarem com as damas, vão entrelaçando o braço direito no braço direito da dama. Dão duas voltinhas e retornam a seus lugares, ficando de frente para o par.

Balancê com seus pares
Cavalheiro de frente para sua dama. Ambos fazem o balanceio, sem sair do lugar.

Otreofá
Outra vez.

►Grande chène
A dama dá a mão ao cavalheiro e este a mão esquerda à direita de outra dama e passam a trocar de mãos até que voltam a encontrar seus pares.

Granmuliné
Os pares ficam à vontade, fazendo brincadeiras e algazarras.

Sangé
Os cavalheiros rodam as damas pela sua esquerda, passando-as para trás e a cada sinal do marcador, largam as mãos das mesmas e vão pegar as da sua frente até chegarem aos pares certos.

►Preparar o caranchê
Todos param de marchar. As damas de frente para os cavalheiros, que pegam na mão direita dela, usando também a mão direita.

►Grande chène creché ou garranché
A dama dá a mão ao cavalheiro e este a mão esquerda à direita de outra dama e passam a trocar de mãos e de dama até que voltam a encontrar seus pares.

►Beija-flor
Os pares seguem até o meio da sala, as damas estendem a mão direita para o cavalheiro beijar.

►Cortesia
Os cavalheiros dão um passo para trás sem largar a mão da dama, ficando semi-ajoelhados. As damas dão duas voltinhas pela esquerda, os cavalheiros levantam-se e aguardam o próximo passo.

Anarriê
De costas, todos voltam aos seus lugares.

►Engenho novo
As duas filas se aproximam no meio do salão e separadas em grupos de dois pares, executam vários passos: as damas dão as mãos, segurando-se na altura do antebraço. Os cavalheiros seguram os punhos das respectivas damas. Os casais pares rodam para a direita e os ímpares para a esquerda.

►Cruz de malta
Os casais ímpares continuam rodando e os números pares vão-se infiltrando na roda, segurando-se nos punhos e formando rodas maiores. Os cavalheiros seguram nas mãos dos cavalheiros e as damas seguram nas mãos das damas, formando outro braço da cruz. Continuam rodando ao ritmo da música.

►Passeio
Os pares desfazem as rodas e as damas dão seu braço esquerdo para o par. Saem passeando, dois a dois, um par atrás do outro, até o centro da sala.

►Damas à direita
Cavalheiros à esquerda. Os pares fazem uma curva larga e quando voltam a se encontrar, dão-se os braços, fazendo um balanceio no meio do salão.

►Passeio dos namorados
O par guia sai com sua dama pela direita, o par seguinte sai pela esquerda e os demais vão imitando. Quando se encontram novamente, formam uma única fila, depois uma roda no meio da sala.

►Caminho da roça
Damas na frente, cavalheiros atrás, percorrem todo o salão, voltando aos seus lugares.

►Aí vem chuva
Todos fazem meia volta, marchando em sentido contrário.

►É mentira
Nova meia volta. Continuam marchando em roda.

Cestinha de flores
As damas levantam os braços, passando-os por cima dos ombros com a palma das mãos para cima. Os cavalheiros que estão atrás seguram as mãos da dama e continuam a marchar.

►A ponte caiu
Os cavalheiros sem largar as mãos das damas, fazem meia-volta e seguem a marcha na frente das damas.

►Ponte nova
Todos fazem meia volta pela direita e sem largar as mãos das damas, continuam a marchar.

►Caminho da roça outra vez
As damas seguem na frente e os cavalheiros atrás, formando a roda.

►Damas ao centro
Damas formam uma roda e cavalheiros outra, por fora. Rodam todos no mesmo sentido, para a esquerda.

►Arco-íris
Damas passam a rodar para a direita, ficando as duas filas rodando em sentido contrário.

►Damas em roda
Os cavalheiros entram para dentro da roda sem largarem as mãos. Damas fazem a roda por fora e todos começam a rodar pela esquerda, procurando seus pares.

►Caminho da roça
Repete-se o passo já conhecido.

►Olha o túnel
O par guia dá as mãos, levanta-as à altura dos ombros. O par próximo ao guia passa por baixo, e coloca-se ao lado, na mesma posição. Todos os demais pares fazem o mesmo.

►Caracol
Os pares fazem fila indiana e a dama do par guia começa a marcha em direção ao centro do salão. Quando o caracol estiver bem unido, todos esperam a ordem do marcador.

Fonte:Site:"Jangada Brasil"
(Baseado em texto de GONZAGA, Lula. Quadrilhas. In Ciclo junino)

6 comentários:

  1. Gostei do seu blog. Nas dicas para este mês de festa, me deparei com muitas coisas que não conhecia e adorei.Vou voltar sempre,bjs!Ah, passa lá no meu blog e pega mimos pra vc na salinha de selos.

    ResponderExcluir
  2. que bom vou fazer na minha familia
    andressa brandao de itapuranga goias brasil terra

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  4. bom vou criar minha própia quadrilha em casa mesmo
    professora: jhine cubcheck

    ResponderExcluir
  5. aadooooooooooooreeiii!

    ResponderExcluir
  6. gostei me serviu muito

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião, deixe algum comentário *-*