O que trabalhar com crianças do Maternal I (2 a 3 anos)


MATERNAL I (2 a 3 anos)


OBJETIVO:

Promover o desenvolvimento físico, psíquico e social da criança respeitando sua maturidade emocional.Incentivar o uso do raciocínio através de atividades recreativas que valorizem a auto estima do aluno.

ATIVIDADES:

• Controle dos esfíncteres, de forma gradativa e com grande paciência e estímulo/incentivo por parte do professor.

• Higiene Bucal apõe as refeições, estimulando e incentivando para o uso da escova.

• Alimentar-se sozinho, com ajuda do professor, aos poucos as crianças aprendem a levar a colher sozinho à boca.

• Introdução de alimentos sólidos, onde aos poucos as crianças deverão se alimentar normalmente, como as crianças maiores, tirando a sopa e a fruta.

• Estimulação do próprio corpo,m identificando e nomeando as partes do corpo. Pode utilizar músicas e brincar de lavar a boneca. No banho também nomeia-se o corpo.

Garatuja: folhas em branco, onde a criança poderá pintar com lápis, giz de cera e/ou guache (tomando muito cuidado para não levar à boca e aos olhos).

• Exercícios de encaixe, sempre incentivando para que a criança acerte. De início o professor deve ajudar a criança, até que ela consiga associar a forma ao buraco.

• Jogos de bola em rodas, promovendo a integração social, onde a criança deverá joga-la para o amigo, dizendo o nome (ou dito pelo professor).

• Trabalhos manuais com massinhas e argila, deixando que estes manuseiem bastante.

• Incentivo e desenvolvimento da fala, onde o professor deverá conversar e estimular para que a criança consiga manifestar o que quer, não permitindo que ela só se manifeste por gestos.

• Ampliar seu vocabulário, conversando diariamente, com a criança sobre os aspectos do dia-a-dia.

• Incentivar e permitir a fala da criança em todas as atividades possíveis, falando corretamente com a criança. Mostrar à criança a conveniência de falar em voz baixa, trabalhando com a criança o saber escutar.

• Apresentação das cores.

• Trabalhos com músicas gestuais, cantigas de roda e dança, estimulando partes do corpo.

• Contos de histórias curtas.

• Coordenação motora livre, como rasgar papel, brincar de massinha, etc.

• Brincadeiras de imitar os adultos, como escovar os dentes de bonecas, fazer comidinha, ir as compras, banho de bonecas, etc.

• Explorar o ambiente escolar, mostrando árvores, passarinhos, parquinho, etc.

• O uso do parquinho diário, pois nessa idade a criança tem bastante energia e grande dificuldade de concentração, por isso todas as atividades devem ser curtas e com bastante estímulo/incentivo por parte do professor.

• Imposição de limites e boas maneiras, dizendo "não" à criança, toda vez que colocar em perigo si mesmo, os colegas, tias e o ambiente escolar.

• Traçados simples: Coordenação Motora.

• Formas Geométricas: círculo, quadrado e triângulo

OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS:

1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.

2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.

3. Permitir que a criança seja independente.

4. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.

5. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.

6. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.

7. Mantê-la ocupada.

8. Levar a criança a participar das atividades de grupo.


♥ OBSERVAÇÕES:

CARACTERÍSTICAS:

Aproximadamente entre 2 e 3 anos.

Egocentrismo.

• Descobertas: tato, movimentos, formas, pessoas, texturas, reprodução de sons, andar, comunicação, etc.

• Coordenação Motora: abrir, fechar, empilhar, encaixar, puxar, empurrar, etc.


♥ TIPOS DE BRINCADEIRAS:

• Brincadeiras referentes à educação sensório-motora (sentir/executar).


• Exploração, canto, perguntas e respostas, esconder.


32 comentários:

  1. To louca pra comprar pro Matheus massinha... Não sei se na creche dele ele brinca, mas nunca comprei e nao sei se ele conhece. :) Eu amanva quando criança brincar de massinha e argila. E porque será que na nossa época a gente sempre fazia pros pais um cinzeiro de argila? Meus pais nunca fumaram?
    Mas acho que a nossa "tia" nao sabia fazer outra coisa. rs
    Beijos e o sol continua aparecendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. faz massinha pro seu filho de trigo e agua ......pra brincar na ora que for usar

      Excluir
  2. Legal! É a primeira vez que trabalho com cçs tão pequenas, estou correndo atrás de todo tipo de ajuda, eu faço a parte de estimulação e AVD.
    Obrigada por compartilhar.
    Aline

    ResponderExcluir
  3. Sou prof. na área da ed. física, e é a primeira vez que estou trabalhando com criancas na idade de 3 anos. Preciso muito de ajuda

    ResponderExcluir
  4. Somos leitores assíduos do seu Blog. Um abraço, Equipe do site Analista de Suporte.Daienne

    ResponderExcluir
  5. Adorei a dica, pois meu filho está no maternal e os trabalhinhos da semana que a professora manda não estão muito condizentes com a idade dele. Com essas dicas, poderei acompanhar melhor e até mesmo dar um toque às professoras sobre como lidar com meu filho. Obrigada pelas dicas.

    ResponderExcluir
  6. amei esse Blog
    afinal trabalho com crianças pequenas
    e a cada ano elas ficam diferente
    claro ninguém e igual a ninguém
    mais elas vem trazendo coisas diferente que as vezes eu n sei como lidar e tó sempre procurando manter a relação balanceada
    eu aprendo bastante com minhas crianças e agora estou com um projeto que fala sobre o egocentrismo será que poderia me ajudar ?
    eu amei vcs falando sobre a agressividade que e o mesmo que egocentrismo mais ainda diferente
    PARABÉNS SUCESSO

    ResponderExcluir
  7. Amei.....tb tenho um blog voltado para crianças...


    da uma olhadinha la.....bjos

    ResponderExcluir
  8. AMEI, ESSE BLOG, GOSTARIA DE APRENDER BAIXAR MUSICAS PRA TRABALHAR COM MINHA S ADORÁVEIS CRIANÇAS

    ResponderExcluir
  9. suas sugestões são sempre relevantes

    ResponderExcluir
  10. adorei nunca trabalheri com esta idade mas com estas dicas vai me ajudar muito

    ResponderExcluir
  11. estou trabalhando com crianças de 1 ano e meio a 2, e é a primeira vez, vc poderia me dar umas dicas do que trabalhar com eles, nessa idade...ficarei feliz se me ajudar

    ResponderExcluir
  12. ótimo esse blog,procurando como ensinar novas coisas pra minha filha....

    ResponderExcluir
  13. adorei esse blog....

    ResponderExcluir
  14. esse blog vai ajudar muito, obrigada por ajudar professores novos nessa area

    ResponderExcluir
  15. Sou professora da educação infantil, e tenho ainda muitas dúvidas em relação a atividades para essa turminha e vc me deu uma luz, obg....

    ResponderExcluir
  16. Meu filho tem 2 anos e meio e ainda não fala quase nada... A creche relatou que ele é agressivo e não participa das atividades em grupo, se isolando. No entanto, em casa ele é bastante interativo apesar de não falar. Só apontar, pegar na nossa mão e levar onde ele quer etc. Ele AMA música, é carinhoso e bruto ao mesmo tempo, rs. Vou passar a acompanhar suas dicas. A-do-rei o blog!

    ResponderExcluir
  17. to fazendo pedagogia, mais ainda estou no começo, e ja tenho uma turminha dessa idade, e sao muito difíceis, estou adorando as dicas.

    ResponderExcluir
  18. adorei. meu filho vai fazer 3 anos mês q vem, e tenho mesmo percebido ele um pouco distante. Ele tem demonstrado afeto, carinho, mas ao mesmo tempo esta muito fechado. me parece q ele acha q o mundo gira em torno dele. Briga com as primas q são mais velhas, bate nelas, e quando e corrigido chora muito, diz q vai contar pro pai ou pra avó..... resumindo, não estou sabendo como educá-lo. Ensinar ele a respeitar os limites estipulados e a respeitar os outros como pessoas. Me ajude. Como devo estabelecer limites à ele? Como fazer q ele respeite esses limites?

    ResponderExcluir
  19. peguei uma turminha dessa, mas preciso de mais dicas sobre brincadeiras e atividades, me ajuda por favor...

    ResponderExcluir
  20. Trabalho a 8 anos com alunos de 3° 4° e 5° ano, mas esse ano fui desafiada a trabalhar com o maternal... Esse blog é mt importante p adaptação c meus pequenos... Obg pelas dicas

    ResponderExcluir
  21. Quero coloca minha filha mo próximo ano, porem há algumas pessoas da família que são contra por conta da violência que muitas crianças hj vivem em algumas escolas como vcs lidam com crianças quw convivem apenas com adultos e não há contato com outros pequeninos?

    ResponderExcluir
  22. Ambientes barulhentos agridem

    Na 22ª. segunda semana de gravidez, a cóclea, órgão que abriga todos os componentes da audição dentro da orelha interna, já está completamente formada. Isso quer dizer que o bebê ouve a mesma coisa que você.

    Estudos já demonstraram que o líquido amniótico pode amplificar alguns tipos de som, como os muito graves. A voz da mãe também é amplificada em cerca de 5 decibéis.

    Um estudo chegou a mostrar que mulheres que trabalhavam oito horas por dia num ambiente de muito barulho (em volumes que exigiam proteção auricular) corriam mais risco de ter bebês com problemas auditivos.

    Além disso, é preciso considerar que um barulho muito forte faz com que o organismo da mãe produza hormônios ligados ao estresse, fazendo o coração acelerar, o que não é bom para a saúde cardíaca do bebê.

    Os bebês, desde o útero materno, ouvem e reconhecem vozes. Sabe-se também que são capazes de sentir emoções da mãe, de se assustar e que após o nascimento terão memórias da vida intra uterina.

    O psiquiatra canadense Thomas Verny explica no livro “Bebês do Amanhã: Arte e Ciência de Ser Pais”, que desde os primeiros meses de gestação, a criança é capaz de identificar certos acontecimentos.

    “Com 4 meses e meio, se você acender uma luz forte na barriga de uma gestante, o bebê vai reagir. Se fizer um barulho alto, ele tenta colocar as mãos nas orelhas. Se colocar açúcar no liquido amniótico, ele vai dobrar a ingestão. Bebês gostam de açúcar! Quando se coloca algo amargo, o bebê para de tomar o líquido e faz cara feia. Eles sentem a diferença entre doce e amargo, reagem à luz, ao toque e ao barulho.”

    Vídeo-game e todos os brinquedos sonoros devem ser avaliados pelo som que emitem. “O sistema auditivo é um órgão sensorial extremamente delicado e passível de lesões se for muito carregado, principalmente em bebês, que têm uma sensibilidade auditiva muito apurada. A célula ciliada do ouvido interno do bebê sofre com o ruído excessivo e esse abuso pode acabar levando à sua destruição”, alerta o otorrinolaringologista Jamal Azzam.

    A indicação é sempre manter os pequenos longe de ambientes muito barulhentos, seja um local fechado ou na rua, onde o som do trânsito também causa incômodo. Se for inevitável fugir desses locais, o ideal é proteger os ouvidos da maneira certa. “Muitos pais usam algodão para tapar o canal auditivo, mas isso não garante a vedação necessária do som. Uma opção é usar fones de ouvido de boa qualidade que preservem a audição”, finaliza Azzam.

    “Há uma região no cérebro chamada “tálamo”. Esta é a parte do cérebro na qual a música é percebida. No tálamo as emoções, sensações e sentimentos são percebidos antes destes estímulos serem submetidos às partes do cérebro responsáveis pela razão. A música, portanto, não depende do sistema nervoso central para ser assimilada imediatamente pelo cérebro. Ela passa pelo aparelho auditivo, pelo tálamo e depois vai ao lobo central.

    A “batida” que substitui o ritmo provoca um estado de emoção que a mente não discerne. Desorganiza a química. As batidas graves da percussão afetam o líquido cerebrospinal.
    O volume (amplificado) das músicas acima de 50 decibéis prejudica a audição e a saúde cerebral”.

    ResponderExcluir
  23. segundo as informações que recebi MATERNAL 1 = apartir de 1 ano até 2 anos
    MATERNAL 2 = 2 anos até 3 anos
    JARDIM 1 = 4 anos
    JARDIM 2 = 5 anos
    voce pode me dizer se isso esta correto? por que algumas escola por aqui onde eu moro sao assim?e tambem quero saber se interfere na educação a forma dessas divisões

    ResponderExcluir
  24. VOU COMECAR EM FEVEREIRO A DAR AULA para crianças nesta idade, nao sei por onde começar estou bem perdida se vcs puderem me ajudar com dicas... Aceito

    ResponderExcluir
  25. Amei suas dicas e já estou cheia de ideias! muito obrigada.

    ResponderExcluir
  26. Amei suas dicas e já estou cheia de ideias! Obrigada, Natália.

    ResponderExcluir
  27. Amei este artigo ! Este ano tenho um mega desafio trabalhar com crianças do maternal é que só falam em inglês que Deus me ajude ! Mas o blog é ótimo

    ResponderExcluir
  28. Gostei muito das informações aprendi muito como posso interagir e ensinar os meus filhos, valeu por compartilhar q Deus abençõe! abços.

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião, deixe um comentário. Também avise-nos caso algum link esteja off. *-*