Texto sobre Revolução Industrial para Imprimir

Texto, Revolução Industrial, Atividades, Imprimir, Colorir, Pintar
Texto Revolução IndustrialRevolução Industrial

Na história, o fluxo natural dos acontecimentos mostra que é necessário atender as necessidades da sociedade. Assim aconteceu uma das maiores revoluções da história da humanidade – a Revolução Industrial – num período em que o poder da igreja e da nobreza na Idade Média já tinha mais significado e a sociedade necessitava de mudanças.
Tudo começou na Inglaterra, em meados do Sec. XVIII, isso porque este país tinha vários pontos a seu favor: possuía grandes reservas de carvão mineral em seu subsolo e esta era a principal fonte de energia para movimentar as máquinas e as locomotivas à vapor, possuíam grandes reservas de minério de ferro, principal matéria-prima utilizada neste período, outro fator que favoreceu a Inglaterra foi a grande quantidade de trabalhadores procurando emprego nas cidades inglesas além do fato da burguesia ter na época capital suficiente para financiar as fábricas, comprar matéria-prima e máquinas e contratar empregados.
As primeiras indústrias foram as de tecelagem, com a invenção do tear mecânico que substituía o trabalho dos tecelões artesanais, daí para frente o desenvolvimento tecnológico foi acontecendo cada vez mais rapidamente, pois para cada problema apresentado em uma máquina era necessário um novo invento para aperfeiçoa-la, entrando em um ciclo de grandes invenções.
Outro importante processo que se estabeleceu nessa época foi o início do capitalismo, sistema social em que o capital está em mãos de empresas privadas ou indivíduos que contratam mão de obra em troca de salário.
Períodos que marcaram a Revolução Industrial
três períodos que se destacam no processo de industrialização:
1760 a 1850: a Revolução Industrial se restringe à Inglaterra, especialmente com a indústria têxtil e a energia a vapor.
1850 a 1900: a Revolução Industrial espalha-se por países da Europa, Américas e Ásia principalmente, aumenta a concorrência, as ferrovias se expandem; surgem novas formas de energia, como a hidrelétrica e a derivada do petróleo. Há também transformações nos meios de transporte, com a invenção da locomotiva e do barco a vapor.
1900 até hoje: surgem os conglomerados industriais e multinacionais, a produção torna-se automatizada, surge a produção em série, ocorre a expansão dos meios de comunicação, amplia-se a indústria química e eletrônica, surge a engenharia genética e a robótica.
Condições de trabalho e Revolução Social
A ilusão de trabalho remunerado para os empregados e novas perspectivas para a sociedade da época, logo caíram por terra, em função das péssimas condições de trabalho que os empregados tinham que resistir. As fábricas eram precárias, com ambientes mal iluminados, abafados e sujos. Os salários eram muito baixos e com a demanda crescente de trabalho chegava-se a empregar mulheres e crianças. Os empregados chegavam a trabalhar até 18 horas por dia e estavam sujeitos a castigos físicos dos patrões. Não havia direitos trabalhistas como, por exemplo, férias, décimo terceiro salário, auxílio doença, descanso semanal remunerado ou qualquer outro benefício.
Com essa realidade, os trabalhadores começaram a se organizar, para lutar por melhores condições de trabalho. Começaram a se organizar com o objetivo de melhorar as condições de trabalho, dando origem às primeiras organizações sindicais.
Curiosidades:
Foi em 1706 que é inventado o primeiro motor a vapor, para ser usado em uma mina de carvão. O responsável pelo invento foi o engenheiro inglês Thomas Newcomen.
(fonte: Guia dos Curiosos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião, deixe um comentário. Também avise-nos caso algum link esteja off. *-*