Se escreve Traz ou trás?

É comum a permuta das palavras “traz” e “trás” na linguagem escrita, pois na falada não há uma maneira exata de saber qual dos dois termos está sendo utilizado.

Você já deve ter ouvido esta oração em algum lugar: O dinheiro trás ou não felicidade?
A resposta dependerá de cada um, mas vamos nos ater à gramática.

O termo “trás” (com acento e grafado com “s”) tem o mesmo significado de atrás, detrás. Tem função de advérbio de lugar, vem sempre acompanhado de uma preposição, formando com esta uma locução adverbial.

Exemplos: Ela olhou para trás e se arrependeu do que fez.
O menino surgiu de trás da moita.
Na coreografia você deve passar por trás do seu par e não na frente dele.

O termo “traz” (sem acento e escrito com “z”) tem o mesmo significado de conduzir, transportar, causar, ocasionar, oferecer. É a conjugação do verbo “trazer” na terceira pessoa do singular do indicativo ou na primeira pessoa do singular do imperativo.

Exemplos: Ele traz notícias boas para nós!
A água contaminada da enchente traz doenças à população, como a leptospirose.
Ele traz café da manhã todos os dias para mim.
Só dinheiro não traz felicidade a ninguém.

Retomando a pergunta em questão “O dinheiro trás ou não felicidade?” e de acordo com a análise do que foi exposto, observamos que o emprego da palavra “trás” está errada, pois não se trata de um advérbio e sim de um verbo. Veja quando substituímos pelo verbo “trazer”:

O dinheiro traz ou não felicidade? ou O dinheiro pode ou não trazer felicidade?

Ou ainda, na substituição de um similar do verbo “trazer”:

O dinheiro ocasiona (traz) ou não felicidade?

Por Sabrina Vilarinho
Graduada em Letras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião, deixe um comentário. Também avise-nos caso algum link esteja off. *-*